Arquivos: janeiro 2018

23
jan

Omega marca presença em simpósios e congresso

Para que um negócio mantenha-se relevante em sua área de atuação, é extremamente importante que todos envolvidos no desenvolvimento das etapas de trabalho estejam constantemente atualizados.

Por isso, no último novembro, o CEO e Diretor Técnico da Omega, Ricardo Mocellin, participou de três grandes eventos, que debateram o uso de bioestimulantes e óleos essenciais. Dessa forma, acompanhe abaixo suas impressões sobre cada um dos eventos.

image4

 

I Simpósio Latino Americano de Bioestimulantes

Santa Catarina está se tornando o Vale do Silício do Brasil ao criar condições para a instalação de startups em centros de incubação tecnológicos focados em nanotecnologias e bioestimulantes. A Universidade Federal de Santa Catarina teve a iniciativa e a coragem de discutir e divulgar pesquisas realizadas no Brasil, Colômbia, Uruguai e Argentina.

Os debates mostraram que os trabalhos científicos estão sendo provados e divulgados muito antes de serem “legislados” pelos respectivos departamentos oficiais de agricultura de cada país. São muitas novidades e tecnologias revolucionárias que precisam ser reconhecidas rapidamente pela legislação. Dessa forma, o que de fato ocorre é que quando as tecnologias são reconhecidas, o mercado já está usando-as há vários anos.

A proposta do simpósio foi de sanar a deficiência de eventos relacionados à temática dos bioestimulantes na América Latina, além de uma estratégia para estimular a discussão sobre os atuais conhecimentos acerca desses produtos, bem como facilitar a interação entre os diferentes segmentos da comunidade técnico-científica e membros da indústria, tanto de âmbito regional quanto internacional.

Foram abordados temas como legislação e novas tecnologias no mercado, panorama do uso na agricultura e aplicações. Dentre os participantes, 48% são profissionais ligados ao setor.

image1

9º Simpósio Brasileiro de Óleos Essenciais

A Omega busca estar sempre presente em eventos como este, prospectando parceiros científicos para manter a inovação constante em suas linhas de produto e os óleos essenciais são uma alternativa interessante para proteger a lavoura, minimizando os riscos ao meio ambiente.

A Universidade de Caxias do Sul tomou a iniciativa de explorar as qualidades e princípios ativos dos óleos essenciais extraídos das plantas para uso na agricultura. As indústrias farmacêutica, alimentícia e de perfumaria já utilizam, há anos, as moléculas e princípios ativos que a natureza tão generosamente oferece através das plantas.

O 9º Simpósio serviu para reafirmar que a medicina popular também acerta, já que algumas ervas possuem princípios ativos que podem fazer muito bem para os humanos quanto para lavouras.

O desafio agora é trazer estes benefícios para a agricultura de forma viável e confiável. Assim, o planeta e a comida que chega às nossas mesas terão um menor grau de contaminação, beneficiando a saúde de todos.

 

image3

3º Congresso Internacional de Bioestimulantes

Ocorrido em Miami, o 3º Congresso Internacional de Bioestimulantes, reuniu 1800 técnicos do mundo inteiro e 120 empresas expositoras, contando com palestrantes do Brasil, Europa,  Ásia e África.

A discussão foi baseada nas pesquisas relacionadas ao tema de elicitores e indutores, bioestimulantes, aminoácidos e uso de algas marinhas na agricultura.

Através dela foi possível perceber que a nutrição vegetal de aplicação foliar passa quase exclusivamente por ativação de rotas metabólicas específicas dentro da planta, visando a ativação do sistema imunológico, de forma a tornar a planta mais resistente às doenças e, portanto, precisando de menor carga de agrotóxicos.

A utilização de bioestimulantes é processo irreversível, caracterizando a agricultura do futuro. Portanto, é necessário se atualizar e estudar os fatos constatados pela pesquisa ao redor do mundo.  

A Omega tem orgulho em estar sempre buscando novidades aplicáveis aos seus produtos e serviços, além de empenhar-se arduamente para trazer informações relevantes para o público agro.