Arquivos: abril 2016

pulverizacao-de-precisao
25
abr

Por que utilizar um pulverizador de precisão?

A tecnologia da agricultura de precisão tem conquistado cada vez mais produtores rurais, engenheiros agrônomos e técnicos em agronomia em todo o país. A assertividade da técnica e seus diversos outros benefícios mudaram completamente a maneira como o homem se relaciona com a lavoura, e também como trabalhamos os resultados oferecidos a nossos clientes.

Uma das técnicas desse tipo de agricultura que tem ganhado espaço nas lavouras do Brasil é a utilização de pulverizadores de precisão. Mas você sabe dizer quais são as vantagens relacionadas ao uso desse tipo de equipamento no seu negócio rural? Confira, no artigo abaixo, por que você deve utilizar um pulverizador de precisão na sua lavoura!

Maior aproveitamento do produto a ser aplicado

Não é segredo para ninguém que uma das maiores vantagens da agricultura de precisão é o melhor aproveitamento de qualquer produto a ser aplicado em uma lavoura. Com a utilização do pulverizador de precisão, esse objetivo também é alcançado, visto que é possível aproveitar o máximo do produto e colocá-lo diretamente na região da lavoura onde ele deve agir. Dessa maneira desperdícios são evitados e o produto é capaz de render mais.

Melhores resultados no desenvolvimento da lavoura

Quando a aplicação de um produto como fertilizante é aplicado com maior assertividade na lavoura, o resultado imediato e esperado é exatamente o melhor resultado no desenvolvimento da plantação. Ao contrário do observado em técnicas tradicionais de nutrição e proteção de lavouras, a utilização do pulverizador de precisão garante uma produtividade significativamente maior da plantação, por garantir o aporte correto desses produtos para cada planta.

Garantia de uniformidade da distribuição do produto

Uma falha relativamente comum que é observada na utilização de fertilizantes e outros produtos similares na lavoura é a falta de uniformidade na aplicação desses compostos em todas as plantas. Como na técnica tradicional tudo é feito na base do olho e seguindo a percepção do responsável pela distribuição do produto, o risco de encontramos plantas supernutridas ou subnutridas é relativamente grande, já que não é possível garantir a distribuição exata do conteúdo.

Com o pulverizador de precisão existe uma garantia da uniformidade da distribuição dos produtos aplicados, situação que reflete significativamente na produtividade, no aproveitamento do produto e, é claro, na redução do desperdício no momento do uso.

Redução de custos relacionados à compra de fertilizantes

Por último, mas não menos importante, o melhor motivo para se utilizar um pulverizador de pressão é, sem sombra de dúvidas, a melhora significativa que o produtor rural pode observar em seus custos com insumos e outros produtos para o seu cultivo. Como a precisão garante melhor assertividade, resultados mais eficientes e menor desperdício, é natural que o custo inicial da aplicação reduza significativamente, permitindo economia e, é claro, lucratividade a longo prazo.

 

Utilizar um pulverizador de precisão é uma decisão interessante para quem precisa aumentar os resultados de sua lavoura de maneira inteligente, sem ter que gastar muito. Você já conhecia essa técnica? Possui algumas dúvidas quanto ao uso da pulverização na sua lavoura? Solicite uma visita técnica gratuita com nossos especialistas!

 

 

13
abr

Quando deve-se utilizar o crédito rural

Com a crise econômica que se instala em todo o Brasil desde o final de 2014, o mercado agrícola – que é um dos mais rentáveis do país – também sofreu com a queda nos investimentos e, consequentemente, com o aumento do Dólar. A situação financeira dificulta não somente a aquisição de insumos e equipamentos para o produtor rural, como pode afastar clientes e possíveis investidores devido aos altos valores exigidos para manter esse mercado funcionando.

Uma das soluções para driblar a crise, evitando reduzir a capacidade do seu negócio ou prejudicar a produtividade e qualidade da sua plantação, é contar com o suporte do crédito rural. Você sabe como funciona esse incentivo e quando pode utilizá-lo? Confira nosso artigo sobre o assunto!

O que é o crédito rural?

O crédito rural é o nome dado ao suporte financeiro, realizado à base de empréstimos e financiamentos facilitados, oferecido ao produtor rural, concedido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e pelos Fundos Constitucionais de Financiamento de cada região do país (Norte, Sul, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste). Eles contam com condições especiais de pagamento do crédito, lidando com uma taxa menor de juros do que a praticada pelo mercado brasileiro. Essa baixa taxa serve como um incentivo para permitir que a produção agrícola no país esteja sempre em alta, visto que é tida como uma das atividades mais importantes da economia brasileira.

Os créditos são oferecidos para o produtor rural através da apresentação de informações relevantes sobre sua produção, como projetos técnicos e relatório de projeção de lucro, para que não seja concedido a qualquer tipo de agricultor.

Para que serve esse tipo de crédito?

O crédito rural pode ser utilizado para ajudar produtores rurais a financiar os gastos com a compra de insumos, produtos e equipamentos utilizados no desenvolvimento do seu cultivo, assim como também para o suporte no armazenamento, na logística de transporte e modernização do sistema de produção local.

Quem pode pegar esse tipo de crédito?

O crédito rural pode ser obtido por produtores cadastrados como pessoas físicas ou jurídicas. Os únicos pré-requisitos são que ele tenha atividade dedicada às práticas rurais e que esteja associado a algum tipo de cooperativa ou associação de produtores rurais na sua região.

Os tipos de atividades rurais que são as mais vantajosas para o pedido de crédito rural são as culturas de arroz, café, cana-de-açúcar, feijão, laranja, algodão, soja, milho, tomate, trigo, mandioca, eucalipto, cenoura e uva.

Quando é interessante usar esse suporte?

O produtor rural pode utilizar esse crédito para várias finalidades dentro de sua atividade econômica. As instituições oferecem crédito para as seguintes situações:

  • Compra de máquinas, equipamentos e caminhões de fabricação nacional;

  • Cobrir despesas da produção agrícola, relacionadas com sementes, fertilizantes, insumos e outros;

  • Para auxiliar no planejamento do início de plantio de culturas;

  • Para a compra de equipamentos novos;

  • Para ampliação e renovação das culturas;

  • Para antecipar a compra de produtos ao realizar uma entrega e esvaziar seu abastecimento;

  • Para garantir assistência técnica;

  • Modernização da frota e equipamentos;

  • Para investimento em inovação tecnológica.

Você já utilizou o crédito rural antes? Conhecia as vantagens desse empréstimo desenvolvido especialmente para incentivar os produtores rurais? Compartilhe sua opinião com a gente!

Ficou interessado em conferir mais conteúdos sobre esse assunto? Assine a nossa newsletter e não perca mais nenhum artigo!

11
abr

Por que a exportação na agricultura é um bom negócio?

A agricultura é uma das principais atividades econômicas do Brasil. Nossa produção de alimentos, plantas e outros produtos oriundos das diversas plantações cultivadas no país são capazes de abastecer toda a população brasileira com folga – o que abre margem para que muitos produtores valorizem também a atividade de exportação.

A exportação, apesar de muitos produtores não investirem nesse tipo de comercialização, é um interessantíssimo negócio para a agricultura brasileira. No artigo de hoje vamos mostrar alguns dos benefícios de valorizar a exportação quando você é um produtor rural. Confira!

O atual valor do dólar é interessante para a exportação na agricultura

Enquanto boa parte do mercado brasileiro – e até mesmo dos consumidores – tem sofrido com a constante alta do Dólar no cenário econômico atual do país, a agricultura é bastante beneficiada com esses altos valores da moeda americana.

Como as vendas de produtos na exportação é feita com valores em dólares, os produtores rurais podem lucrar mais do que o esperado ao comercializar os resultados de suas colheitas para mercados no exterior. Mesmo que os principais consumidores dos produtos brasileiros sejam países como a Rússia e a China, esses países também usam o dólar para fazer todas as suas transações internacionais.

É um mercado em crescente expansão

A agricultura é um mercado em crescente expansão. A Organização Mundial de Saúde já estimou que no Brasil, especificamente, esse crescimento pode chegar a até 40% até o ano de 2019. O crescimento da exportação na agricultura, portanto, é um fenômeno mais do que esperado para acompanhar essa capacidade de abastecimento do mercado nacional. Dessa maneira, além de lucrar com a demanda do mercado interno, que também tem crescimento constante, o produtor rural pode conquistar lucros ainda maiores ao investir na exportação de seus alimentos, plantas e outros itens de suprimento de qualidade.

O Brasil é um dos primeiros do ranking na produção de alguns itens agrícolas

O mercado agrícola brasileiro é extremamente versátil, característica que é reforçada pelas vantagens climáticas, de solo e de vegetação encontradas nos mais diversos estados do país. Além da vantagem biológica, o mercado agricultor brasileiro é um dos mais desenvolvidos do mundo, considerado moderno, eficiente e, principalmente, competitivo. Graças a essas características, o Brasil é um dos principais fornecedores de produtos agrícolas do mundo, ajudando a abastecer países de grande demanda como Rússia, China e Estados Unidos.

Os principais produtos produzidos no Brasil para exportação são o café, o açúcar, o etanol extraído da cana de açúcar e o suco de laranja. A produção de grãos também é muito forte no país, e bastante procurada por mercados estrangeiros. Alimentos como a soja, o milho, o trigo e o arroz também são muito valorizados por produtores que trabalham com exportação.

A soja e o milho nunca estão em baixa

Para os produtores brasileiros de soja e milho, o mercado de exportação sempre vai ser interessante. O Brasil é um dos maiores produtores desses grãos no mundo e, por esse motivo, sempre tem grandes volumes desses alimentos que podem ser direcionados para a exportação.

Como a demanda pela soja e pelo milho também nunca está em baixa, produzir e exportar esses alimentos é uma maneira de garantir um lucro significativo para o seu negócio, mesmo em situações econômicas adversas no país.

Você conhecia esses características vantajosas da prática da exportação na agricultura para o seu negócio? Ficou interessado em ler mais artigos como esse? Não deixe de assinar a nossa newsletter e não perca mais nenhuma postagem do nosso blog!

07
abr

Agricultura: 4 passos para melhorar a safra da plantação

Todo produtor rural, mais cedo ou mais tarde, vai passar por uma situação indesejada no ciclo produtivo do seu cultivo: o baixo rendimento da sua safra. Manter a safra sempre produtiva e, especialmente, com qualidade, é um dos maiores desafios que os grandes e pequenos agricultores enfrentam diariamente, para garantir lucratividade para o seu negócio.

Se você vem vivenciando dificuldades para obter boas safras nas suas plantações, esse artigo pode lhe ajudar a mudar essa situação. Confira os passos essenciais para melhorar a qualidade e a produtividade da sua lavoura, garantindo as melhores safras para o seu negócio.

Cuide bem do seu solo

Sabemos que essa afirmação não é segredo para ninguém mas não custa reforçar: o cuidado com o solo é a principal atividade de qualquer produtor rural, e a valorização desse cuidado é que vai garantir os bons resultados para sua safra.

O solo precisa ser sempre bem nutrido e, especialmente, muito bem utilizado para poder garantir a você boas safras regularmente. A ocupação não planejada e pouco sustentável do local onde é produzida a sua lavoura pode resultar em diversos problemas que afetam a produtividade do negócio, como baixa qualidade nutricional, baixa disponibilidade de matéria orgânica, acidez elevada e pouca capacidade de hidratação da região.

Conheça bem as características da sua região produtora

Para poder melhorar a sua safra é preciso também conhecer exatamente as características do seu ambiente, para poder planejar melhor as futuras produções. Saber exatamente como se comporta o clima, quais são as principais características do solo, quais tipos de produtos podem ser cultivados naquele local e qual a época do ano ideal para tal atividade, são apenas algumas das atenções que você deve ter para garantir boas safras regularmente.

Use os produtos certos e os equipamentos adequados para o seu solo

Conhecer exatamente quais produtos e equipamentos você deverá usar no seu tipo de solo e lavoura, também são cuidados que garantem a melhora da sua safra. Os equipamentos e produtos certos lesionam menos o ambiente, permitindo que ele consiga se renovar e fornecer nutrientes e outros substratos importantes para o desenvolvimento correto do cultivo.

Atenção a outras boas práticas indispensáveis para melhorar a safra

Outros cuidados mais gerais também ajudam a melhorar a qualidade do seu ambiente de produção e, consequentemente, aumentar a produtividade da safra. Confira abaixo uma seleção das melhores ações que você deve promover no seu ambiente agrícola:

  • Faça racionamento de lavouras em um mesmo solo para promover renovação;

  • Plante sempre em faixas para evitar competição por nutrientes;

  • Use quebra-ventos para proteger o cultivo;

Essas dicas para melhorar a safra da sua plantação podem lhe ajudar também a executar de maneira mais eficiente a sua atividade no campo da agricultura. Dessa maneira, com maior produtividade, você tem maior lucratividade e, consequentemente, pode fazer investimentos de práticas ainda mais saudáveis para o seu negócio agrícola.

Quer conferir outros produtos sobre o mercado agrícola e a atividade rural no nosso blog? Não deixe de assinar a nossa newsletter e não perder mais nenhum artigo sobre o tema!

04
abr

5 razões para estudar fungicidas e como potencializá-los

 

Os fungicidas são pesticidas utilizadas na proteção da lavoura e de boa parte das plantas cultivadas para decorar um ambiente ou alimentar uma população. Ele atua diretamente no combate às doenças causadas por fungos, sendo capaz de inibir ou eliminar a ação desses seres na saúde da planta que está sendo cultivada.

Estudar a ação dos fungicidas disponíveis no mercado pode ser uma ótima maneira de melhorar a produção da sua plantação, entretanto, não é todo profissional da área de agronomia que conhece a fundo a ação desses compostos na sua lavoura. Para auxiliá-los nessa tarefa, preparamos esse artigo. Confira abaixo algumas razões para você se dedicar ao estudo dos fungicidas e como potencializar sua ação na lavoura!

Por que devo conhecer tão bem os fungicidas?

Os fungicidas são uns dos melhores amigos do produtor agrícola, visto que a grande maioria das plantas está susceptível à ação de fungos e outros microorganismos prejudiciais para sua saúde. Os fungos, especificamente, surgem em ambientes úmidos e nutritivos, como o encontrado nas plantas e, por isso, é tão importante conhecer a ação desses organismos na sua lavoura.

Conhecer também como funcionam os fungicidas é uma maneira de tornar mais eficiente e de qualidade os produtos da sua plantação.

Os fungicidas ajudam a controlar doenças

Um dos primeiros motivos pelos quais você deve estudar fungicidas é que esse conhecimento pode lhe ajudar a controlar – e até mesmo evitar – uma grande gama de doenças. Ao contrário da grande maioria dos medicamentos aplicados em seres vivos (incluindo plantas e animais) que só são utilizados após o diagnóstico da doença, a grande maioria dos fungicidas precisa ser aplicado antes do desenvolvimento dos sintomas e, por isso, é essencial conhecer a fundo a atuação de cada um.

Os fungicidas tem também características consideradas curativas, que ajudam a reduzir a ação de algum patógeno que está atuando na lavoura e prejudicando o desenvolvimento da mesma. Ativando algumas enzimas e proteínas específicas na planta, os fungicidas às tornam capazes de atuar contra a ação desses organismos vivos.

É possível aumentar a qualidade e o tempo de armazenagem do seu produto

Como os fungicidas ajudam a fortalecer e aumentar a resposta imune das plantas da lavoura, é natural que outra de suas vantagens seja o aumento da qualidade e do tempo de armazenagem dos produtos colhidos. Ao minimizar a ação dos fungos, que atuam especialmente em alimentos como os vegetais, sementes, tubérculos e algumas frutas, é possível garantir um maior tempo de duração desses produtos em estoques de mercados, feiras e outros locais em que eles possam ser comercializados.

 

O valor de investimento do fungicida pode variar de acordo com a lavoura

Conhecer de perto os fungicidas garante também uma maior facilidade de investimento nesse produto, visto que o custo de cada um pode variar de acordo com o tipo de lavoura em que ele precisa ser aplicado. Fungicidas mais caros e que exigem um maior número de aplicações são utilizados em plantações que tem também um maior custo de investimento e uma produção menor, precisando minimizar ao máximo as perdas que podem ocorrer nesse processo.

Lavouras de produtos mais fáceis de cultivar demandam fungicidas igualmente eficientes, porém de menor valor, visto que a resposta das plantas são melhores a esses produtos.

Fazer a aplicação correta dos produtos

Quando se estuda a ação dos fungicidas fica mais fácil de compreender também a melhor maneira de aplicá-los na sua plantação, tornando-a ainda mais eficiente e saudável para os produtos.

Cada tipo de fungicida tem uma maneira de aplicação diferente e, por esse motivo, é tão importante estudá-los e conhecê-los a fundo para fazer a escolha correta para a sua lavoura.

 

Linha Omega para auxiliar na função dos fungicidas

A Omega conta com uma linha de produtos que ajuda a tornar mais eficiente a ação dos fungicidas e de outros medicamentos que podem ser aplicados na lavoura para aumentar sua produção. Dois produtos são os destaques da marca:

 

IPH Agro

O IPH Agro é o produto da Omega responsável por tornar mais eficiente a dispersão e absorção dos fungicidas e outros produtos de combate a agentes nocivos à saúde das plantas. Ele atua reduzindo o pH do ambiente, facilitando esse processo.

 

Spray Fox

O Spray fox é um composto complementar à ação do IPH agro ao aplicar fungicidas na plantação. Por contar com a presença de surfactantes em sua composição, ele facilita a distribuição de nutrientes e medicamentos aplicados nas plantas, facilitando sua absorção.

Você tem estudado a ação dos fungicidas na sua plantação? Compartilhe suas dúvidas e opiniões sobre o assunto com a gente!

Página 1 de 212